Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

domingo, 6 de agosto de 2017

Tragédia: Proprietário de topiques que faz linha Cariús/Jucás morre em acidente de trânsito na rodovia Iguatu/Jucás


O veículo saiu da via após o incidente

Um acidente de trânsito ( capotamento) de um veiculo  resultou em morte na cidade de Jucás. Na tarde deste sábado (05). O  fato ocorreu na rodovia CE-375 que liga ao município de Iguatu.

No carro modelo Fiat Strada seguia vitimou Naldo Antunes de Souza, 43 anos, que seguia sozinho no veículo.

O corpo de bombeiros chegou a ser acionado, mas com a confirmação do óbito o veículo do IML levou o corpo ao núcleo de perícia forense . Ele é proprietário de topiques que fazem a linha Cariús, Jucás e Iguatu.

PMDB avalia expulsar senadores 'traidores' da sigla


pmdb
Enquanto não decide se pune deputados que votaram a favor da denúncia contra o presidente Michel Temer, a Executiva do PMDB levou adiante pedidos de expulsão dos senadores Roberto Requião (PR) e Kátia Abreu (TO). Três requerimentos sobre o assunto foram encaminhados à Comissão de Ética da legenda, que ainda não emitiu parecer.Um dos pedidos partiu da Secretaria Nacional da Juventude do PMDB, presidida por Assis Filho. No documento, ele diz que os dois senadores desrespeitaram o estatuto da sigla ao adotar "posições sempre contrárias às diretrizes partidárias".

Questionado sobre a atuação de outros parlamentares que também contrariam posições do governo, como o senador Renan Calheiros (AL), Assis Filho afirmou que, a princípio, apenas Kátia Abreu e Requião foram alvo por serem mais "efervescentes". "Kátia se juntou às senadoras do PT para protagonizar aquele vexame na Mesa do Senado e o Requião tem usado as redes sociais para atacar o PMDB e o governo", disse.

Procurada, Kátia Abreu, que negocia ida para o PDT, afirmou não ser de "direita ou de esquerda", e que tem sido "coerente". Já Requião descartou deixar a legenda. "Se saio eu, vai sobrar quem? O Eduardo Cunha?". O senador disse ainda não ter tomado conhecimento sobre o pedido contra ele.

Eleitores do Amazonas vão às urnas escolher novo governador neste domingo (6)


Os eleitores do Amazonas vão às urnas domingo (6),escolher um novo governador. A eleição fora de época foi marcada porque governador e vice foram cassados sob acusação de compra de votos.

As urnas eletrônicas já estão nos municípios. A segurança da eleição conta com o apoio de tropas federais. Pouco mais de 2,3 milhões de eleitores amazonenses vão escolher um novo governador. Nove candidatos disputam a eleição.A informação é do G1.

José Melo, do PROS, teve o mandato cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral, no início de maio. O vice, Henrique Oliveira, do Solidariedade, também foi afastado. Os dois são acusados de compra de votos nas eleições de 2014.

O presidente da Assembleia Legislativa do estado, Davi Almeida, do PSD, assumiu o governo interinamente e o TSE determinou uma nova eleição direta. Em junho, uma decisão liminar do Supremo Tribunal Federal chegou a suspender a eleição. A liminar foi derrubada em julho. O calendário eleitoral prevê a posse do novo governador e do vice para o dia 6 de outubro.

Mas o ministro Ricardo Lewandowski, do STF, determinou que o vencedor nas urnas só vai poder ser diplomado depois que todos os recursos do governador e do vice, que tiveram os mandatos cassados, forem julgados. O Tribunal Superior Eleitoral ainda vai analisar recursos dos afastados.

"Acredito que pelo tempo que ainda vai decorrer daqui até a posse, eu penso que o TSE deve decidir essa questão”, afirmou o presidente do TRE/AM, Yedo Simões

O custo previsto para o primeiro turno é R$ 18 milhões. Se houver segundo turno, podem ser gastos outros R$ 14 milhões. Mas se o TSE aceitar os recursos do governador e do vice afastados, eles voltam aos cargos, e a eleição suplementar perde validade.