Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Cerca de 159 quilos de entorpecentes foram apreendidos pela Polícia Civil em ações da DCTD


Três ações desencadeadas pela Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD) da Polícia Civil, em bairros de Fortaleza, resultaram nas apreensões de cerca de 159 quilos de drogas e nas prisões de duas pessoas. Em uma única investida, os policiais civis da especializada apreenderam 145 quilos de maconha, além de uma arma de fogo e outros materiais ilícitos. O resultado, que foi divulgado em coletiva de imprensa, na tarde desta terça-feira (01), reforça o balanço positivo de apreensões da DCTD, que apenas neste primeiro semestre de 2017, já apreendeu uma quantidade de entorpecentes, que corresponde ao dobro das apreensões realizadas nos primeiros seis meses do ano passado. 

No último sábado (29), após receberem uma denúncia anônima acerca de um imóvel utilizado para o armazenamento de drogas, uma equipe da especializada diligenciou até o bairro Padre Andrade – Área Integrada de Segurança 06 (06) – onde apreendeu 9,940 quilos de maconha. O material foi encontrado em uma bolsa, no interior de uma residência em construção, situada na Travessa Praieira, onde uma busca foi realizada, mas ninguém foi encontrado. A droga foi encaminhada para a sede da DCTD e as investigações permanecem no intuito de identificar e prender o proprietário dos entorpecentes.

Já na última quarta-feira (27), os policiais civis apreenderam 145 quilos de maconha, no interior de um veículo, na Avenida Mister Hull, no bairro Antônio Bezerra (AIS 06). De acordo com as investigações, o material seria entregue para outra pessoa, ainda naquela tarde. O condutor, identificado por Paulo César Soares da Silva (34) – com antecedente por tráfico de drogas - foi visualizado pelos profissionais de segurança, no estacionamento de um supermercado. Aparentando estar muito nervoso e a espera de alguém, o homem tentou sair do local, mas foi imediatamente abordado pela Polícia Civil. Uma busca foi realizada no automóvel e os tabletes de ilícitos foram encontrados no porta-malas. Ao ser indagado, Paulo César não revelou a procedência da droga. Ele foi conduzido para a sede da DCTD, onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. 

No mesmo dia, Lidianny de Farias Silva (37) – conhecida por “Lora” e com passagem pela Polícia por tráfico de drogas - foi presa no bairro Planalto Pici (AIS 06) em posse de grande quantidade de entorpecentes. A mulher, que já era investigada pela especializada, sob a suspeita de participação no tráfico de drogas no bairro Bela Vista (AIS 06), foi abordada na Rua Pernambuco. Por intermédio de diligências, “Lora” foi visualizada quando saia de uma residência, em atitude suspeita, e portando uma bolsa. 

Ao receber ordem de parada, a mulher obedeceu, e com ela, foram apreendidos dois tijolos de maconha pesando aproximadamente 500 gramas. Diligenciando até a residência da suspeita, os policiais encontraram, no interior de uma geladeira, diversos sacos de maconha fracionados, dois tijolos de maconha grandes e menores, pesando cerca de 3,2 quilos. Já no quarto de "Lora", os profissionais de segurança apreenderam 1.400 comprimidos de psicotrópicos, 45 gramas de crack, uma balança de precisão e cadernos contendo anotações oriundas da comercialização ilícita. Ainda no imóvel, uma pistola calibre 635, com diversas munições calibre 22 foram apreendidas. A suspeita foi encaminhada para a sede da DCTD, onde também foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. 

Apreensões DCTD

Neste primeiro semestre de 2017, as ações da DCTD culminaram nas apreensões de 2,1 toneladas de drogas, entre maconha, cocaína e crack. Já de janeiro a junho de 2016, a delegacia especializada apreendeu cerca de 877 quilos de entorpecentes. Os números refletem a atuação da delegacia especializada, que neste ano, já apreendeu o dobro de ilícitos em comparação ao ano passado. As apreensões de armas de fogo também cresceram de 23 para 51, em 2017. Entre as armas apreendidas estão 29 revólveres, que 16 pistolas, três espingardas, duas metralhadoras e um rifle. 

Fonte: SSPDS

Polêmica: Bispo de Caicó (RN), diz: homossexualismo é dom dado por Deus; vídeo



No encerramento da festa de Santana, no último domingo, dia 30 de julho, Dom Antônio Carlos Cruz Santos, Bispo de Caicó, RN, fala sobre o preconceito em relação ao homossexualismo. (AQUI)
Em determinado momento da homilia ele comenta que alguns querem ser mais romanos do que o Papa, cita o catecismo, cita o Papa, faz analogia à escravidão, ou seja, deturpa tudo, realiza uma interpretação equivocada, parcial e frontalmente contrária à orientação da Igreja.

Dom Antônio, defende que julgar é uma atitude indesejável para um cristão, para ele a sagrada escritura, a tradição e o magistério da Igreja tem um posicionamento claro em relação ao homossexualismo e ao homossexual. Ela acolhe os homossexuais, mas condena a promiscuidade entre os homossexuais.

Segundo Dom Antônio, “Já que o homossexualismo não é escolha, já que não é opção, na perspectiva a fé, é dom dado por Deus”. Disse o Bispo.

Finalizando, a discussão sobre o problema dos chamados gays sob o ponto de vista da caridade e do acolhimento fraterno, não há nenhuma possibilidade da igreja passar recibo a qualquer atitude que viole o sexto e o nono mandamentos da Lei de Deus.

Com informações da página Catecismo da Igreja Católica

Sentimento de tristeza e descontentamento marca o fechamento da Farmácia Popular do Brasil em Sobral



Nessa segunda-feira (31/07), a unidade da Farmácia Popular do Brasil, em Sobral, encerrou as suas atividades. Presente na vida dos sobralenses e da população mais carente da zona Norte, este equipamento de saúde representou, por mais de 11 anos, um espaço de acolhimento, de ensino e aprendizagem e das boas práticas farmacêuticos. Um dia triste para aqueles que por vários anos se beneficiaram de medicamentos de baixo custo e de boa qualidade.

É um ciclo que chega ao fim devido à irresponsabilidade e desvio do bem social do nosso gestor federal aliado a um bando de políticos corruptos, sanguessugas, que em benefício próprio desestabilizaram a economia do País e mergulharam a Nação numa crise moral e econômica sem precedentes.

Diante deste cenário, para justificar uma fajuta retomada do crescimento econômico e uma maquiagem no equilíbrio das contas públicas, promovem cortes de recursos que põem fim a tão importante programa para a saúde dos brasileiros mais carentes ou mesmo daqueles não tão carentes, mas que tinham na Farmácia Popular do Brasil um local de atendimento diferenciado, de cuidado e ações de saúde.

"É muito triste ver um projeto destes ir por água abaixo. Acompanhei desde o início a implantação da FPB, sobretudo, a nova proposta que Yana e sua equipe levaram para a realização do atendimento à população. Nascia ali, um novo modelo de atendimento Farmacêutico em nosso Município, a "Atenção Farmacêutica". Era exatamente ali, com esta experiência exitosa, que a FPB, despontava como referência nacional, destacando-se como uma das melhores do país na prestação de serviços farmacêuticos. Do que poderia aprimorar, subitamente​, foi destruído. É realmente lamentável! Fica nossos agradecimentos a todos que contribuíram de forma direta e indireta para o funcionamento da Farmácia Popular do Brasil no município de Sobral. Para os desafios..... Fica aí uma semente!" declarou Dr. Régis Ferreira Gomes, que já esteve à frente da Atenção Farmacêutica de Sobral, e atualmente é o diretor do Hemoce/Sobral.

Com informações do Blog Encontro com a Saúde